Descubra como funcionam os carros híbridos

Você provavelmente já ouviu falar dos carros híbridos, aqueles que funcionam à base de gasolina e eletricidade, e ainda são supereconômicos. O modelo tem se tornado uma tendência em todo o mundo e começa a se difundir agora no Brasil.

Mas você já sabe o que eles têm de diferencial? No post de hoje vamos apresentar como funcionam os carros híbridos e suas principais vantagens. Confira!

Como funcionam carros movidos a gasolina e a eletricidade

Um veículo movido a gasolina, como é muito comum no Brasil, é composto por um tanque de combustível. Quando você abastece, fornece a gasolina para o motor e ele, por sua vez, aciona todo um sistema de transmissão que começa a colocar o automóvel em movimento, não é mesmo?

O carro elétrico, por sua vez, é formado por um conjunto de baterias, as grandes responsáveis por fornecer a eletricidade necessária para o motor, que também é elétrico. Para que possa funcionar perfeitamente, em vez de colocar combustível, você precisa carregá-lo. Assim, ele tem a eletricidade que precisa para acionar a transmissão e colocar o veículo em movimento.

O carro híbrido é movido por duas fontes principais: o combustível e a eletricidade. Na verdade, ele é alimentado cineticamente pela queima do combustível, e o motor elétrico, por sua vez, tem o papel de reduzir o esforço do motor. Com isso, reduz também os consumos de combustível e emissões.

Como funcionam os carros híbridos

O veículo híbrido é a mistura desses dois modelos mencionados. Trabalhando com as duas vertentes, é possível trazer muitos ganhos para o proprietário, como a redução do consumo de combustível, além de ser mais sustentável, já que você também reduz as emissões de gases que acontecem nos veículos movidos a gasolina.

Além do tradicional motor de combustível ou as baterias do veículo elétrico, o carro híbrido conta também com um gerador, que tem o papel de produzir energia elétrica. 

Desempenho

O motor de um veículo híbrido normalmente é menor e mais leve que dos veículos movidos a combustão, o que faz com que ele seja mais eficiente, considerando que os modelos maiores gastam mais energia e aumentam o gasto com combustível.

Para você ter uma noção melhor, ele normalmente pode rodar 500 quilômetros antes de ser reabastecido ou recarregado. Além disso, o processo é bem rápido e fácil e não precisa de muito entendimento técnico para desempenhar as funções.

Os carros híbridos contam também com um ótimo sistema de recuperação de energia cinética: quando freamos, o sistema recupera a energia cinética que seria perdida e a converte em energia elétrica, armazenando o excedente nas baterias que alimentam o motor. Assim, a energia não é perdida, mas reaproveitada, gerando economia.

Além disso, o desempenho desses modelos é muito bom. Quando está na estrada, por exemplo, eles conseguem se desenvolver de maneira semelhante a outros veículos, tendo um ótimo desempenho.

Preço

Uma desvantagem do modelo ainda é o preço. O Brasil está tentando reduzir parte da taxação para deixar o veículo mais competitivo, mas, ainda assim, os modelos são caros. Para fazer o investimento, vale a pena considerar que eles são mais baratos a longo prazo que o carro convencional se você levar em conta toda a economia gerada durante o tempo de uso, já que vai consumir bem menos combustível.

Principais vantagens

A verdade é que um carro híbrido consegue reunir o que há de melhor em cada um dos modelos e incorporar tudo em um só. Os modelos movidos a gasolina são muito poluentes, mas, em contrapartida, os elétricos precisam ser recarregados frequentemente. Assim, optar pelo híbrido é uma ótima maneira de usufruir dos benefícios de cada um.

Descobrindo mais detalhes sobre como funcionam os carros híbridos, é bem provável que você se sinta mais inclinado a fazer esse tipo de investimento. E, convenhamos, no final das contas, ele compensa!

Se esse texto foi esclarecedor para você e pode ajudar outras pessoas, não deixe de compartilhar nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *