Como proteger e conservar a pintura do seu carro?

Há uma diversidade de fatores e situações que podem fazer com que a pintura do seu carro se desgaste mais rápido. Além da consequência natural ― que é o veículo ficar feio ―, o automóvel perde consideravelmente o seu valor de mercado.

Para você aprender a conservar a pintura do carro e evitar esses inconvenientes, separamos algumas dicas para que ele pareça novo por bastante tempo. Confira!

Principais fontes de dano à pintura do carro

Todas as pessoas que possuem um carro desejam vê-lo sempre com a lataria sem riscos e com um brilho impecável. Mas existem algumas situações consideradas naturais que podem atrapalhar isso na rotina de tráfego do veículo. Entre elas, estão:

Raios solares

Nada mais prejudicial para a pintura de um carro do que a incidência direta de luz do sol por um período longo de tempo. Os raios ultravioletas acabam tirando o brilho da lataria, podendo até causar manchas amareladas que aparecem, normalmente, no teto e no capô.

Materiais corrosivos

Vários tipos de substâncias que podem entrar em contato com a pintura do carro são, também, responsáveis por estragá-la. A seiva que cai das árvores, fezes de pássaros, o sal presente no ar das regiões litorâneas, e até mesmo as chuvas ácidas.

Cuidados para conservar a pintura do carro

Para evitar a atuação de todos esses agentes citados acima, existem alguns cuidados simples que servirão para garantir a longevidade da beleza e do brilho da lataria do seu veículo.

Nas grandes cidades

Caso você resida em uma cidade grande, o ideal para prevenir problemas com a pintura do seu carro é evitar estacionar sob árvores, assim como deixar o veículo exposto ao sol ou à chuva por longos períodos.

Nas cidades litorâneas

Caso você trafegue regularmente em cidades banhadas pelo mar, é necessário que você lave seu veículo com uma constância maior do que o convencional. Uma vez por semana é uma frequência ideal.

Formas ideais de limpeza para prevenir o desgaste

  • A não ser que você resida em uma cidade litorânea, procure deixar seu veículo sempre limpo, o lavando ao menos a cada 15 dias com shampoo automotivo, luvas de microfibra ou uma esponja macia, enxaguando bastante depois de espalhar a espuma.

  • Não deixe o seu carro secar ao natural. Enxugue-o bem após enxaguar, de forma a evitar manchas.

  • Antes de lavar, certifique-se de que não existem partículas de poeira grudadas no veículo. Passar a esponja com esse tipo de impureza presa à lataria pode provocar arranhões na pintura.

  • Após lavar, não deixe seu veículo desprotegido. Procure os serviços especializados para encerar e fazer o polimento técnico do seu veículo, de forma a facilitar a limpeza e evitar corrosões.

Para finalizar, caso note a existência de fezes ou urina de animais, seiva de árvores, ou outros tipos de impregnação, limpe imediatamente! Isso evitará que essas substâncias “cozinhem” na lataria do seu veículo, provocando manchas irreversíveis. Lembre-se sempre de que conservar a pintura do seu carro é um cuidado constante!

Gostou das nossas dicas? Então não perca mais nenhum conteúdo! Curta nossa página no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *