Ar-condicionado automotivo: por que abrir as janelas antes ligá-lo

É inegável que a internet potencializou de maneira nunca antes vista na história o acesso à informação por parte da população em geral. Entretanto, diante de tamanha enxurrada de informações vindas de todos os lados, por vezes não nos preocupamos em checar a veracidade do que nos está sendo passado e acabamos induzidos a acreditar e a replicar fatos e acontecimentos que não são verídicos.

Assim, se você tem acesso às redes sociais, já chegou até você uma polêmica envolvendo o ar-condicionado automotivo, as janelas de seu carro, uma substância química chamada benzeno e sua relação com o desenvolvimento de câncer no ser humano, certo? Para acabar de vez com questões relacionadas a essa polêmica, preparamos um artigo sobre o tema. Confira!

A origem da polêmica

Circula pela internet, já há alguns anos, um texto que alerta sobre os perigos proporcionados pelo benzeno liberado por diversos componentes plásticos presentes no interior de um veículo, principalmente pelos dutos de ar do ar-condicionado. A verdade é que, em temperaturas acima dos 16ºC — algo facilmente atingido dentro de um veículo fechado no Brasil —, essa liberação de benzeno é potencializada e traz consigo um risco elevado de desenvolvimento de câncer aos motoristas, pois estes costumam ligar o ar-condicionado automotivo sem antes abrir as janelas do veículo e rodar por alguns minutos dessa maneira, o que substituiria o ar em seu interior por um ar mais puro.

O ar-condicionado automotivo não é o vilão

O fato de o ar-condicionado ser o principal vilão foi prontamente contestado, pois, ao contrário do que é divulgado, seus dutos de ar não são feitos de plástico, mas sim de metais e estes não liberam benzeno no ar. Mesmo assim, a polêmica atingiu tamanha proporção que, nos últimos anos, diversos estudos foram conduzidos ao redor do mundo para confirmar a veracidade dessa informação, pois ainda restam vários componentes no interior de um veículo que podem ser responsáveis por liberar o benzeno em níveis prejudiciais à saúde.

Entretanto, esses estudos mostraram que o benzeno encontrado em componentes plásticos é liberado em maior quantidade no inverno, quando as temperaturas são menores, e que não se trata de uma quantidade significativa, que é até mesmo inferior à quantidade a qual somos expostos em decorrência da inalação da fumaça de um cigarro ou do ar de cidades muito poluídas, por exemplo.

Janelas antes do ar-condicionado

Entretanto, mesmo diante da afirmação de que tudo não passa de mais um boato de internet, ainda assim abrir as janelas de seu veículo e andar dessa maneira por alguns minutos pode ser benéfico ao seu carro e ao seu bem-estar. O benefício ao seu carro virá do fato de que o ar interno, que muito provavelmente estará mais quente do que o ar externo, será trocado por um ar mais frio e isso, por consequência, demandará menos de seu ar-condicionado para atingir uma temperatura agradável e lhe proporcionará uma economia de combustível significativa. Já o benefício ao seu bem-estar vem da troca e do arejamento do ar empoeirado que costuma ficar no interior do veículo graças aos tapetes, bancos etc.

Por fim, vale ressaltar que, se há alguma preocupação que você deve ter com o ar-condicionado de seu carro, essa preocupação está relacionada com a necessidade de trocar os dutos de ar ou realizar a limpeza deles, pois estes podem acumular fungos com a recorrente utilização ao longo do tempo e causar alergias e outras irritações aos passageiros do veículo.

Gostou dessas dicas e quer buscar uma relação cada vez mais harmoniosa e duradoura com seu veículo? Não deixe de assinar nossa newsletter e, assim, ficar por dentro de cada nova postagem!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *