4 dicas para realizar a manutenção no seu carro

Quem gosta de automobilismo e possui um veículo, quer ver o possante funcionando 100%. No entanto, várias pessoas têm dúvidas sobre manutenção de carro e não sabem o que fazer para garantir o bom funcionamento.

Neste post, daremos 4 dicas para realizar a manutenção no seu carro, deixá-lo sempre com cara de novo e funcionando como um! Confira!

#1 Seja cuidadoso com as lavagens e a pintura

Tomar conta da pintura do carro é importante pois valoriza o veículo na hora da venda, sem contar que é muito melhor andar em um carro com aparência de novo.

Limpe também as rodas com uma esponja, é comum cachorros urinarem nela e, devido à acidez da urina, com o tempo isso pode manchar a roda.

A cada 6 meses, lave por baixo do carro e as caixas de roda para tirar o excesso de sujeira e evitar ressecamentos. Caso você trafegue em estradas de chão, locais com muita poeira ou passar por muitas poças de água e lama, faça isso com mais frequência.

Pessoas que moram em áreas litorâneas devem tomar cuidado dobrado. Se você não tomar conta da pintura do seu carro, logo logo começará a ver os efeitos da maresia sobre ela.

Muito cuidado com as lavagens de motor. Abrir o capô e ver ele limpinho é muito bom, mas faça isso apenas quando necessário e em locais especializados.

#2 Fique atento aos pneus

Esse é um componente do carro que a maioria das pessoas esquece, pensa que é só colocar e rodar. Infelizmente isso traz prejuízos bem sérios.

Por isso, manter os pneus calibrados e fazer periodicamente alinhamento, balanceamento e rodízio dos pneus lhe trará excelentes benefícios. Veja alguns deles abaixo:

  1. Mais segurança e conforto ao rodar;

  2. Maior durabilidade dos pneus;

  3. Menor consumo de combustível;

  4. Maior durabilidade de componentes da suspensão;

  5. Menos gasto com manutenção;

Portanto, calibre os pneus do seu carro a cada 500km, antes e depois de viagens longas. Se você é uma daquelas pessoas que roda pouco durante o mês, então confira a calibragem pelo menos uma vez a cada 30 dias. O manual de instruções te informará a pressão correta para veículo cheio e vazio.

O alinhamento, balanceamento e rodízio devem ser feitos a cada 10.000 km para certificar-se de que tudo está 100%. No entanto, se você notar algum comportamento diferente no carro, como puxar para um lado, após cair em um buraco na cidade ou na estrada, procure logo uma oficina e verifique antes da quilometragem recomendada.

#3 Faça as trocas de óleo no período certo

O recomendado é seguir o que está no manual do seu veículo. Afinal, ele foi feito para garantir o correto funcionamento do carro. Por isso, utilize o óleo especificado pelo fabricante e troque nos prazos indicados.

Fuja de lugares que sugiram um prazo diferente ou óleo com especificação diferente. Perdeu o manual do seu carro? A maioria das montadoras disponibiliza os manuais em PDF nos seus sites. É só entrar lá e fazer download de uma cópia dele.

#4 Não se esqueça da manutenção de carro geral (check-up)

Pelo menos uma vez por ano, faça um check-up geral do seu veículo, você só tem a ganhar ao fazer isso. Alguns itens para verificar:

  1. Regulagem do motor: mantenha o coração do seu carro sempre em dia, trocar algo preventivamente é melhor do que esperar estragar e precisar trocar outras peças.

  2. Parte elétrica: com tantos componentes elétricos nos carros hoje, manter tudo funcionando é muito importante ou ele pode nem sair da garagem.

  3. Conferência e aperto da suspensão: nossas ruas e estradas estão sempre cheias de buracos e lombadas. Por isso, verifique sua suspensão e reaperte se necessário para ter mais conforto e as peças durarem mais tempo.

Isso, além de garantir o bom funcionamento do seu carrão por mais tempo, vai evitar que você seja pego desprevenido por algum defeito durante o ano, além de reduzir os custos de manutenção por sempre manter tudo em ordem.

Agora que você já sabe tudo sobre manutenção de carro para manter o seu sempre funcionando, que tal assinar a newsletter da Studio Automotivo e receber outras dicas como essas por e-mail?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *